congreganositedaurcamp  
Banner Institucional  
BannerCREDIES  
ravazadois

Urcamp se mobiliza em mais uma Semana de Responsabilidade Social

Iniciou, na segunda-feira, 18, a 13ª edição da Semana da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular. A iniciativa da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) visa estabelecer uma ponte entre o setor acadêmico e a sociedade, ofertando benefícios para a comunidade e proporcionando aos discentes um momento de reflexão e conscientização por meio das propostas e ações realizadas pelas instituições.

A Universidade da Região da Campanha (Urcamp) participa desde 2007 desta campanha, mas as ações sociais são realizadas durante todo o ano. Neste período, os cursos de todos os campi estão engajados em promover atividades para a comunidade, além de dar andamento às ações que já são desenvolvidas ao longo dos meses.

Ao final da campanha, a associação concede às instituições participantes o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, atestando que a instituição de ensino se preocupa com o bem-estar social da comunidade e com o seu desenvolvimento sustentável. A pró-reitora de Inovação, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (Proippex), professora Elisabeth Cristina Drumm, frisa que a universidade está engajada na comunidade com várias ações. "Em diferentes áreas dos conhecimentos, a Urcamp, enquanto instituição comunitária de Ensino Superior está presente na comunidade, por meio de projetos e de ações sociais. Assim, os alunos aproximam-se de suas áreas de formação e futura atuação profissional".

Um dia de atividades no Passo das Pedras 

A tarde de terça-feira, 19, foi marcada por várias atividades na Escola Municipal de Educação Infantil Anelise Abbott Ravaza, no bairro Passo das Pedras. O Centro de Ciências da Saúde (CCS) e o curso de Agronomia da Urcamp proporcionaram várias atividades para a comunidade escolar, como avaliação nutricional, oficina de aproveitamento integral de alimentos, verificação de pressão arterial, orientações sobre cuidados com a saúde, avaliação e orientação postural, tipagem sanguínea, rodas de conversa e atividades lúdicas, além de atendimentos para animais de pequeno porte, como os cães.

A diretora do CCS, professora Mônica Palomino, disse que o momento foi gratificante, em que os cursos de Saúde e Agronomia se mobilizaram para oferecer atividades à população. “Agradecemos pela acolhida da escola. Atividades como estas reforçam os laços entre instituição e comunidade, além de proporcionar aprendizado e integração para o aluno”.

A comunidade

Quem recebeu o serviço saiu satisfeito, como é o caso de Josiane Couto, 23 anos. A jovem aproveitou para verificar o tipo sanguíneo de sua filha, de apenas dois anos de idade. “A gente nunca sabe quando vai precisar e até mesmo no futuro para ajudar com doação de sangue. É importante e positivo este tipo de ação gratuita, pois uma vez tive que pagar R$ 35 para verificar o meu tipo sanguíneo”, comenta. A moradora também destacou o trabalho que a gestão tem feito na escola. “Antes não tinha vidros e nem muro. A gestão tem feito a diferença”.

A jovem Janaína Farias, 25 anos, também aproveitou para verificar o tipo sanguíneo dela e do filho, de dois anos. “Achei superinteressante e importante, pois eu não sabia o meu tipo sanguíneo”, diz.

Horta escolar

O curso de Agronomia cumpriu sua missão na construção de uma horta escolar e, também, na plantação de mudas frutíferas. Com a colaboração do campus rural, que ficou responsável pela construção dos canteiros e da produção das mudas no Instituto Biotecnológico de Reprodução Vegetal (Intec), o trabalho resultou em sucesso na terça-feira. As crianças da escola ajudaram a plantar as mudas e a mobilização foi grande durante a tarde.

A professora Ana Carolina Silveira da Silva, representando a coordenadora do curso, Eliana Valente Silveira, relata que os estudantes receberam kits de mudas, sementes e húmus para levar para casa como incentivo de plantar também em suas moradias. “Esperamos que a ideia se reproduza em outros locais. A Urcamp é uma instituição comunitária e cumpre seu papel na comunidade”, salienta.

A acadêmica do sexto semestre, Jéssica Cortes, 28 anos, declarou que a atividade proporcionou para as crianças um aprendizado, onde elas conheceram o passo a passo do desenvolvimento do plantio. “Eles aprendem de onde vem o que eles comem e para nós é uma grande experiência, pois ajuda a comunidade através das nossas atividades práticas”.

A escola

A Escola Anelise Ravaza conta com 94 crianças e oferece desde o berçário até o pré. Com 32 anos de fundação, a instituição passa por “um novo tempo”. Após a realização do projeto da prefeitura “Meu Bairro Melhor", a escola recebeu várias melhorias em sua infraestrutura, como pintura, vidros, muro, entre outros investimentos. Com a parceria da Urcamp, a comunidade pode esclarecer dúvidas, receber informações de prevenção e cuidados com a saúde, além de ser beneficiada com projetos, como o do curso de Agronomia.

A supervisora da instituição, Andiara Lucas Pinheiro, ressalta que a universidade está engajada com as causas sociais e conta que a escola não tinha uma horta. A diretora, Rosa Dias, acrescenta que as atividades da Urcamp foram fundamentains para o sucesso da instituição. “A comunidade está realizada. Os pais também ajudaram no plantio e na terra. O trabalho em união, entre família e escola, é o progresso de nossa escola”, disse a gestora.

feirauruguaiana

Campus Alegrete participa da Feira das Profissões do Instituto Laura Vicuña em Uruguaiana

O campus da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) de Alegrete participou, nesta sexta-feira, 15, da Feira das Profissões do Instituto Laura Vicuña (Rede Salesiana Brasil), em Uruguaiana.

Durante o dia, as instituições de ensino superior da região puderam apresentar os cursos que são oferecidos, os projetos e ações desenvolvidos ao longo do ano. O campus esteve representado pelo Pró-Reitor Acadêmico, professor Julio Otaran, superintendente acadêmica, professora Jane Gomes, coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Adriana Stigger e pelo professor do curso de Direito, Cleber Battanoli.

O pró-reitor acadêmico avaliou o evento positivamente e de suma importância. “Uma oportunidade de mostrar que a Urcamp é uma das forças na área do ensino superior em nossa região”, frisou.

O estande da instituição contou com uma expressiva visitação durante o dia. Conforme o Instituto, a Feira de Profissões teve como objetivo proporcionar aos estudantes do nono ano do ensino fundamental e médio um espaço para conhecer e interagir com as diferentes profissões existentes, contribuindo, assim, na decisão da escolha profissional.

torneioeducacao

Campeonato de futsal marca as comemorações do Dia do Profissional de Educação Física no campus Bagé

No dia 1º de setembro, quando se comemorou o Dia do Educador Físico, acadêmicos e professores do curso de Educação Física da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), em Bagé, realizaram um campeonato de futsal no campus Esportivo (Corujão). A organização das atividades ficou por conta do Diretório Acadêmico (D.A) do curso, que premiou, também, os vencedores da competição em primeiro lugar com medalhas.

No total, o torneio contou com sete equipes, entre masculino e feminino. A ideia, conforme o coordenador do curso, professor Antônio Sobrinho, era promover integração entre a comunidade acadêmica, bem como, comemorar o Dia do Profissional de Educação Física.

Após as atividades esportivas, os discentes e docentes confraternizaram com um churrasco.

 

dadoscongrega

Congrega Urcamp registra mais de 1,2 mil trabalhos submetidos

O Congrega 2017, evento técnico-científico promovido pela Pró-Reitoria de Inovação, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (Proippex) da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) encerrou o prazo para submissões de trabalhos na última segunda-feira, 11. De acordo com a organização, mais de 1,2 mil produções foram encaminhadas para o evento, as quais estão em processo de avaliação e, em breve, serão divulgados os aprovados.

Em sua 12ª edição, o Congrega já supera os números da edição passada. Neste ano, por exemplo, a coordenação da 14ª Jornada de Pós-Graduação e Pesquisa recebeu um grande número de trabalhos da Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC) e da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). 

De acordo com os dados apurados de todo evento, 53,4% correspondem a trabalhos enviados para 14ª Mostra de Iniciação Científica (MIC); 29,2% para a Jornada; 6,2% da 1ª Mostra de Trabalhos de Conclusão de Curso (MTCC); 5,8% da 12ª Mostra de Iniciação Científica Júnior (MICJr) e 5,5% da Mostra de Projetos Comunitários e de Extensão.

Os dados apontam, ainda, mais de 1,5 mil inscritos no evento e 20 instituições de ensino superior de outras regiões. A coordenadora do evento, professora Súsi Barcelos e Lima, avalia positivamente os resultados já obtidos. “Tivemos uma boa adesão na primeira mostra de TCC e mais de 20% dos trabalhos enviados são de outras instituições. Estamos felizes com os resultados, pois reflete externamente e mostra a credibilidade do evento”, destaca.

Os interessados em participar do Congrega podem se inscrever pelo site congrega.urcamp.edu.br. A inscrição dá direito a participação de dois minicursos. “É uma oportunidade também para assistir palestras, acompanhar as atividades e prestigiar as apresentações de trabalho, como a de TCC, onde os graduandos poderão obter ideias para seus projetos e conhecer como funciona o processo”, complementa Súsi Lima.

PRÓXIMOS PASSOS – A organização trabalha, agora, no planejamento da programação que contará com várias atividades. Uma reunião foi realizada na tarde de ontem com a comissão para definir alguns detalhes do evento que ocorrerá entre os dias 23 e 27 de outubro, no campus Esportivo (Corujão). O Congrega Urcamp 2017 tem como temática “Ética e Inovação Social”. Nos dias 23 e 24, o Congrega acontece paralelamente com a tradicional Feira de Profissões, que este ano chega a sua quarta edição. A feira é uma oportunidade para os estudantes do Ensino Médio conheceram os cursos de graduação e auxiliar na decisão da profissão.

 

reuniaonomec

Audiências no Ministério da Educação tratam da implantação do curso de Medicina em Bagé

A implantação do curso de Medicina em Bagé foi discutida em audiências realizadas na terça e quarta-feira, no Ministério da Educação e Cultura (MEC), em Brasília. A reitora da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), professora Lia Maria Herzer Quintana, participou dos encontros no MEC com uma comitiva de autoridades de Bagé, entre eles, vereadores, presidente do Legislativo, Edimar Fagundes, do PRB, secretária de Educação e Formação Profissional, Adriana Lara, e prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, além de representantes da TV Câmara e do Executivo.

Também participaram das audiências o reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Curi Hallal, e o vice-reitor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Maurício Vieira.

A primeira discussão aconteceu na terça-feira, 12, com o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Rogério Luiz Zeraik Abdalla. A reunião foi articulada pelo deputado federal Afonso Hamm, do PP. O secretário garantiu que dará andamento ao pedido de Bagé para implantação do curso. Ele solicitou ao deputado um estudo da região para ser entregue na próxima semana, além de destacar que irá articular com o MEC para a tramitação do processo.

Ontem à tarde, a audiência articulada pelo deputado federal Onyx Lorenzoni, do Democratas, ocorreu com o chefe de gabinete, Rafael Collon, e com o secretário da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), Henrique Sartori. A comitiva discutiu as possibilidades de implantação do curso na Rainha da Fronteira e as necessidades de formar profissionais nesta área na região.

O dia de compromissos encerrou com uma reunião na bancada gaúcha, quando o vereador Augusto Lara, do PDT, apresentou a proposta para a implantação do curso. O pedetista lidera a mobilização pela proposta, que foi retomada em junho, no Legislativo bajeense. Uma audiência pública foi realizada na Câmara de Vereadores de Bagé, quando estiveram presentes representantes das prefeituras, entidades, órgãos e instituições. A mobilização abrangeu a região com novas audiências e encontros em câmaras, a fim de mostrar o interesse pela implantação do curso na cidade.

Fotos: Márcia Marinho/Especial

 

chamacrioulaum

Acadêmicos do PTG Medicina Veterinária de Alegrete buscam centelha da Chama Crioula

A manhã de quarta-feira, 13, foi marcada pela chegada da Chama Crioula na Praça Getúlio Vargas, em Alegrete. Os acadêmicos do PTG Medicina Veterinária, entidade ligada ao Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Farroupilha e que pertence ao curso da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), foram buscar a centelha da Chama no centro da cidade. Este ano, as atividades do piquete ocorrerão no galpão “Oficina de Pátria” do CTG Farroupilha.

O acadêmico Vítor Afonso Uberti acredita que a participação do piquete do curso da Medicina Veterinária é importante não apenas pela confraternização, mas, sim, por manter a tradição. “É um curso que tem relação com o campo e importante que essa tradição envolva a participação dos jovens e que não morra”, disse.

Já a coordenadora do curso, professora Adriana Stigger, enfatiza que é de suma importância apoiar os acadêmicos nessa atividade alusiva a Semana Farroupilha. “Propicia integração entre os alunos, professores e funcionários do curso”.

O PTG tem como patrão o acadêmico Iuri Severo. A condução da centelha da Chama Crioula foi realizada pelos discentes Ricardo Cadore, Rodrigo Louzada, João Carvalho, Felipe Fagundes, Bernardo Dias, Ângelo Pons e Tassiano de Oliveira.

varaldompa

Varal Fotográfico das Belezas do Pampa estará exposto em Dom Pedrito

O 1º Varal Fotográfico Belezas Naturais no Pampa estará exposto em Dom Pedrito durante os dias 15 de setembro e 4 de outubro no Restaurante Cumbuca, centro da cidade. A visitação é terça-feira a domingo, das 10h às 24h.

A produção também será apresentada no Seminário pela Vida contra Extrativismo e Mineração do RS, que será realizado no dia 6 de outubro, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 

O Varal também estará em cartaz no Congrega Urcamp, entre os dias 23 e 27 de outubro e na Feira do Livro de Dom Pedrito, nos dias 20 e 25 de novembro. O trabalho conta com 120 fotografias científicas de localidades de valor ambiental, histórico e cultural no Pampa Gaúcho.

O projeto é uma promoção do curso de Ciências Biológicas da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e União pela Preservação do Rio Camaquã. A coordenação do trabalho está oferecendo, ainda, palestras sobre o tema para as instituições e empresas. Os interessados deverão entrar em contato com a organização na Urcamp.

As imagens são de Alinne Teixeira, Anabela Silveira Deble, Carlos Delevati, Clara Vaz, Fábio Mazim, Gustavo Arruda, Julio Pimentel, Leonardo Paz, Rafael Balestrin, Ricardo Moglia e Rodrigo Colares. Além das fotos de paisagens naturais, serão expostas espécies da fauna da flora da região, identificadas com o nome científico e popular.

painelfisicoquatro

Educação Física promove painel e discute ações para promover práticas de lazer em Alegrete

Encerrou na noite de quarta-feira, 13, o painel “Políticas públicas voltadas à saúde e lazer”, promovido pelo curso de Educação Física da Universidade da Região da Campanha (Urcamp) de Alegrete. O evento iniciou na terça-feira, 12, e aconteceu na Câmara de Vereadores e foi organizado pelos acadêmicos do oitavo semestre.

Durante os dois dias do painel foram apresentados e debatidos projetos e ações voltadas às duas áreas. Na oportunidade, os secretários de Saúde de Uruguaiana e Alegrete, Rafaelly Feliz e José Fábio da Silveira Pereira, contribuíram com a apresentação do contexto da saúde em seus respectivos municípios.

A palestra de abertura sobre “Epidemias e Pandemias”, proferida pelo professor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) de Uruguaiana, Gabriel Gustavo Bergmann, destacou a importância da atividade física na promoção da saúde. 

O painel contou, ainda, com a participação de instituições e movimentos sociais, os quais apresentaram suas experiências na área do lazer. Entidades como SESC, Massa Cultural, Grupo Trilha da Aventura e Movimento da Vida (MOV) encerraram o evento enfatizando a relevância do prazer nas atividades.

A organização do painel propôs as instituições que discutam sugestões de práticas de lazer voltadas à saúde, a fim de que seja elaborada uma carta de intenções e entregue, posteriormente, ao Executivo e Legislativo.

comitivaembrasilia

Comitiva de Bagé e reitora participam de reunião de articulação do Parque Científico e Tecnológico Binacional do Pampa

Na tarde de ontem, a reitora da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), professora Lia Maria Herzer Quintana, e uma comitiva de autoridades de Bagé, com o prefeito Divaldo Lara, do PTB, cumpriram agenda na Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa de Desenvolvimento (SEPED) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em Brasília.

Na ocasião, eles estiveram reunidos com o diretor do Departamento de Políticas e Programas de Desenvolvimento, Fábio Larotonda, e com a diretora do Departamento de Políticas e Programas para Inclusão Social, Sônia da Costa.

O encontro visou articular espaços orçamentários, em 2018, para a implantação do Parque Científico e Tecnológico Binacional do Pampa. Sônia destacou a importância do ministério receber “arranjos organizados” e que a reunião mostrou que há uma sociedade preparada para receber o projeto estruturado pelo ministério e demais outros parceiros. “Vamos fazer o possível para organizar ele em aporte de pesquisa, estrutura e contribuir na construção do arranjo produtivo e para o parque tecnológico. O possível para que realmente os arranjos produtivos da oliveira, por exemplo, ovinocultura e demais que estão surgindo na região sejam fortalecidos e organizados de uma forma com perspectivas futuras de inovação tecnológica”, enfatizou.

Segundo a diretora, a secretaria tem dado atenção especial à região. Ela comentou que um edital já está aberto direcionado ao pampa gaúcho. “São projetos que poderão ser apresentados até 2 de outubro e estamos convidando, especificamente esse arranjo, para que realmente se inscreva e participe desta seleção pública”, complementou.

A reitora frisou que está sendo trabalhado o desenvolvimento local e arranjos produtivos. Lia elencou, também, que o polo nas regiões não pode ser necessariamente voltado para tecnologia da informação, mas, sim, para as vocações locais. “Hoje sabemos que o maior empregador é ainda a microempresa e, com isso, vai capacitar as empresas locais para questões produtivas nossas, como a cadeia produtiva da ovinocultura, das oliveiras. Há várias vocações locais que podemos trabalhar”, acrescentou.

O encontro também discutiu a possibilidade de incluir o Congrega Urcamp na 14ª Semana Nacional de Ciências e Tecnologia, que ocorrerá entre 23 e 29 de outubro.

elianinhapresidente

Coordenadora de Agronomia assume presidência do CREA RS

Assumiu, nesta sexta-feira, 15, o cargo de presidente interina do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (CREA), a coordenadora do curso de Agronomia da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), professora Eliana Valente Silveira.

A docente que faz parte da diretoria do Conselho como 2ª vice-presidente estará à frente do cargo durante o licenciamento do atual presidente, Melvis Barrios Júnior, em razão do período de processo eleitoral do CREA.

Para Eliana é uma satisfação assumir o desafio. “Certamente realizarei o trabalho com grande esforço e competência como tem sido feito até agora, buscando a valorização do profissional junto a todos profissionais que fazem parte do Sistema CREA – Confea”, falou. A profissional ainda destaca que é um orgulho ser a primeira mulher engenheira agrônoma a assumir o conselho. “Sinto-me honrada por ser presidente”, completou.

Eliana Silveira participou, nesta semana, do 30º Congresso Brasileiro de Agronomia, em Fortaleza, Ceará. O evento teve como temática “Segurança hídrica: um desafio para os engenheiros agrônomos do Brasil”.

Sub-categorias

Contato

Av. Tupy Silveira, 2099
CEP 96400-110

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(53) 3242 8244

(53) 3242 8898