Bem vindo! Hoje é quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Formas de apoio

Pensar e concretizar a indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão, constitui-se na afirmação de um paradigma de universidade que deve produzir conhecimentos e, efetivamente, torná-los acessíveis aos mais variados segmentos sociais. Nessa perspectiva, cabe à Extensão, buscar alternativas que possibilitem o diálogo entre o saber popular (da vida, senso comum) e o saber acadêmico (científico). Esse diálogo é um requisito fundamental para materializar parcerias com segmentos da sociedade que por fatores políticos, econômicos e éticos não devem ser ignorados pela universidade.

A partir dessas considerações, a Extensão na URCAMP, em conformidade com sua missão contemplada no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e observado o Plano Nacional de Extensão, define-se como uma das funções sociais da Instituição. Como prática acadêmica indispensável à formação do aluno e à qualificação do professor e no intercâmbio com a sociedade, proporciona uma relação de interação, intercâmbio, transformação mútua e de complementaridade recíproca entre as diferentes áreas do conhecimento e os múltiplos segmentos sociais.

Nesta perspectiva, a URCAMP, enquanto Instituição Comunitária de Ensino Superior (ICES), faz parte da comunidade e, portanto, deve estar aberta à comunidade e a concretização da extensão universitária, dar-se-á na relação de parceria e de convivência que se constrói com a sociedade. Esta articulação consistirá num processo dinâmico e dialético, consubstanciado pelo compromisso político e técnico assumido na prática e pela prática de docentes, discentes e comunidade dentro de uma pluralidade cultural e política.